Preparei este post diferente no Instigatorium, acontece que estas 90 impressões aqui descritas são as minhas próprias. Sim querido leitor! Eu sou uruguaio e moro aqui no Brasil há 10 anos. Agora você entende aqueles erros de português nos posts 😉

Respondendo ao pedido de amigos é que escrevi este post com as minhas impressões sobre o Brasil, sobre morar aqui e um pouco das curiosidades e estórias que aconteceram comigo nesta terra maravilhosa.

Não precisaria avisar mas já avisando, esta é uma visão subjetiva da realidade brasileira e só representa as minhas interpretações e reações as situações que fui enfrentando. Não existe nenhuma ordem em especial, só fui escrevendo como saiu da minha cabeça mas tem de tudo, desde futebol ate trabalho, passando por transito e outras “cositas”.

Como disse Shakespeare, “Nada é verdade, nada é mentira, tudo depende do cristal com que se observe”. Feito o “disclaimer” aqui estão as minhas impressões sobre o Brasil.

90 impressões de um uruguaio sobre o Brasil 

  1. -Um amigo brasileiro uma vez me disse: “uruguaio é um paraguaio com grife”.
  2. -Outro amigo me disse que o Uruguai era para ser uma fazenda do Brasil.
  3. -Aqui aprendi que o Flamengo é o maior time do universo conhecido por cima do Real Madri ou qualquer outro time conhecido ou desconhecido ou mesmo que venha a existir no futuro, considerando ainda todos os possíveis universos paralelos que ainda que desconhecidos certamente o Flamengo será superior.
  4. -Nunca vi alguém comer tanto arroz e feijão como os brasileiros e nem usar tanta havaiana. Acabei me acostumando a comida, as havaianas não.
  5. -Nunca vi ninguém colocar tantas comidas diferentes no mesmo prato tipo, arroz, feijão, macarrão, salada, carne de panela, bife acebolado, creme de milho, banana frita empanada (eca), bolinho de arroz, frango de panela ou frito e é claro a farofa!
  6. -Recém chegado aqui um dia fui perguntar para alguém se era o ponto de ônibus correto, foi tão ruim meu português que o homem olhou para mim, levantou o polegar e disse “Yes!”.
  7. -O Brasil é um lugar onde ter educação é complicado, um dia andando de ônibus sobe uma grávida, ninguém se mexeu então eu levantei fui lá bati no ombro para avisar-la do lugar livre, quando me viro para indicar onde era vejo um fulano tranquilamente sentado no meu lugar, eeh cara, ninguém fica de bobeira aqui não.
  8. -Sendo meu nome Pablo você não imagina a quantidade de vezes que escutei “Ahh Pablo Escobar!”. Aah e a diferença do Suarez, eu não mordo e é perfeitamente seguro ficar do meu lado 😉
  9. -A forma de cumprimentar as pessoas aqui é bem diferente, no começo nunca sabia se devia dar a mão ou beijar o rosto ou mesmo quantos beijos no rosto são necessários para considerar uma pessoa devidamente cumprimentada.
  10. -Uma coisa que acho falta é uma boa padaria, só tem um tipo de pão aqui.
  11. -Fabrica de massas também não tem, massa fresca só em restaurante e olha lá porque muitos tem massa congelada.
  12. -O que aqui chamam de doce de leite, acredite, não é doce de leite!
  13. -O brasileiro pouco sabe do que acontece fora do Brasil, levar um papo sobre o conflito entre a Ucrânia, os pro-Russos e a Rússia ou a bagunça do oriente médio é bem difícil.
  14. -Uma coisa que achei bem chocante foi saber a versão brasileira da historia da cisplatina é bem diferente da nossa versão da banda oriental.
  15. -Quando me perguntam para qual time eu torço e eu falo, Peñarol e pergunto se conhecem o time me alegra saber que o conhecem mas ficam surpresos quando eu falo que tem 5 libertadores e 3 do mundo. Isso mudou um pouco depois que o Peñarol chegou a final da libertadores com o Santos em 2011.
  16. -Mesmo perdendo bem a seleção brasileira não perde, ela deixa de ganhar. Se perder o mérito rara vez é do outro time. A menos que seja a Alemanha ou a Itália.
  17. -O brasileiro no geral respeita o Uruguai no futebol e ate simpatiza, não acontece assim com a Argentina. Aqui o Uruguai é visto como tipo, o primo pobre e humilde e por isso gera um sentimento de simpatia.
  18. -Rara vez ou nunca o Uruguai é visto como favorito contra o Brasil e baseado na estatística tem razão, mas talvez por isso o Uruguai tem alguma chance quando joga contra ele. O Maracanã? Para os brasileiros não representa grande coisa hoje. Para os uruguaios é “só” a maior vitória num evento desportivo da historia do planeta ante o maior publico já visto num evento deste tipo do universo conhecido. Digo mais, se vier um apocalipse e um uruguaio sobreviver, as biblias do futuro vão falar nisso. 😉
  19. -Em detrimento da alfinetada anterior devo dizer que uma vez perguntaram para o capitão da celeste, o Obdulio Varela, o que achava daquela vitória e ele disse: “Jogamos 100 vezes e só ganhamos aquela, parem de falar do 50!”.
  20. -O brasileiro tem um faro inacreditável para sotaques, já cheguei em algum lugar e falei “Oi” e a atendente logo me fala “De onde você é? Você é de fora ne?”, ai eu pensei “Poh mais eu só falei Oi”!
  21. -Já fui chamado de paraguaio, boliviano, chileno, argentino, peruano, colombiano mas nunca, nunca de Uruguaio. Vai saber.
  22. -O brasileiro é excelente pessoa e te faz sentir bem e muito bem recebido em qualquer lugar, mas tem um lado obscuro que aparece quase sempre no trânsito ou nas relações comercias ou de trabalho. Já vi gente meter o pé na porta e xingar porque não aceita que acabou o atendimento desse dia.
  23. -Já me falaram tipo, “no Uruguai neva ne?” ou “tem praia lá?” ou mesmo “lá é o pacifico ne?”, ai eu penso, ok, não tem culpa, é só mais uma criança deixada para atrás pelo sistema educativo brasileiro.
  24. -Semáforo em amarelo aqui significa acelere. Já o verde é tipo “ainda tem tempo de sobra e por isso vou andar lentamente”. O trânsito só acelera para passar o amarelo normalmente te deixando no vermelho.
  25. -Apesar de compartilhar o mesmo DNA do Sena o brasileiro (ou pelo menos onde moro) não sabe andar na chuva, num dia de chuva e num trajeto de 10 minutos encontro pelo menos 3 carros batidos. Cai água e é como se você chutasse um formigueiro.
  26. -O brasileiro não sabe fazer fila e vai tentar tudo para furar, já vi fila no terminal para entrar no ônibus certinha e ordenada, mas quando chega o bus e abre as portas é cada um por se, é como se uma catástrofe estivesse acontecendo e o povo correndo disso, o caos se desata e ao contrario dos navios afundando crianças, mulheres, grávidas e idosos ficam por último.
  27. -Encontro o mesmo comportamento nos semáforos onde normalmente o povo para em dupla fila à minha direita usando o lugar destinado a estacionamento tentando me ultrapassar na largada mesmo que depois continue andando lento, muito mais lento do que eu.
  28. -Ainda do trânsito, aqui ninguém da seta e dirige como se fosse o único na rua ignorando totalmente o que acontece atrás dele, é normal virar a esquerda saindo desde a faixa da extrema direita parando todo o transito no processo.
  29. -Já no Rio ninguém da seta mas de alguma forma aquilo funciona.
  30. -Em outros lugares se você da seta é um sinal para os outros acelerarem bloqueando a tua conversão ou mudança de faixa.
  31. -Desde que o querido presidente do Uruguai decidiu a legalização da maconha a zuera aqui comigo nunca para, nunca!
  32. -O DETRAN é uma hidra gigantesca que se alimenta do nosso dinheiro, tempo e energias.
  33. -Enquanto em outros países você faz uma prova, paga uma taxa entorno de 50 reais e sai com a carteira de motorista com validade de 10 anos em mãos em menos de 3 horas, aqui, bom, vocês sabem.
  34. -Tanto dinheiro deve servir só para manter a estrutura administrativa porque onde eu moro pelo menos a qualidade dos asfaltos é vergonhosa.
  35. -Alias, sendo o Brasil tão rico, campeão mundial da coleta de impostos, etc, é inacreditável que não tenha uma BR boa mantida com recursos federais. As únicas estradas boas são as que são entregues as comporações do mal que colocam pedágios cada 10 kms, mas sinceramente prefiro pagar a andar em BRs esburacadas. Sei que é um pensamento perigoso, o melhor seria cobrar as autoridadades o bom uso dos meus impostos, mas aqui no Brasil eu não tenho voz nem voto.
  36. -O Brasil é muito lindo, a natureza, as paisagens, etc. Vocês não sabem o que tem e por isso é uma pena ver problemas severos de poluição nas praias do Rio de Janeiro.
  37. -Aqui os ônibus de transporte público tem catraca.
  38. -É inacreditável a quantidade de piadas de duplo sentido em que eu cai aqui no ambiente de trabalho, demorei 2 anos para aprender todas, hoje não caio mais.
  39. -Aqui não encontro um restaurante que faça regularmente bife a milanesa.
  40. -O Brasil tem uma exagerada cultura do feriado. Um dia fui fazer um trabalho na Bahia, foi depois da semana santa, não sei se passaram uma historinha para mim mas me afirmaram que tinham trabalhado somente 20 dias desde o natal!!
  41. -Eu sou gamer e nunca vi alguém mais pentelho para jogar online do que o brasileiro e nem todos são guris de 10 anos de idade não!
  42. -Nos jogos online se tem tumulto e confusão tem brasileiro no meio. (Give me gold or i report you)
  43. -Inclusive o brasileiro se organiza de forma inacreditavelmente eficiente para zoar os gringos. O brasileiro é troll por natureza. (HUE HUE BR)
  44. -Mais uma da internet, os comentários nos sites de noticias… madre de Dios! As vezes nem leio a noticia e vou logo nos comentários me divertir, alguns comentários são muito hilários e originais 😉
  45. -As casas aqui tem muro, cerca elétrica, alarme e câmeras.
  46. -Talvez por isso o brasileiro não faz muita amizade com vizinhos.
  47. -Em quase todo bairro de uma típica cidade brasileira tem o vizinho que acorda 6 horas da manhã para ficar martelando, o que coloca música alta em horários desconfortáveis, o que coloca o lixo na tua calçada, o que estaciona o carro na tua entrada de garagem, o que usa a sombra da tua árvore mas não planta a própria, o malandro que não te rouba mas passa todas as informações da tua rotina para quem vai te roubar e o infaltável fofoqueiro que sabe de tudo da tua vida mas nunca vê o ladrão que entra na tua casa.
  48. -Se você reclamar a pessoa não vai gostar mesmo que você peça com educação, a resposta será do tipo, “se você não gosta muda então”. O jeito é se isolar dentro de casa e ficar quieto.
  49. -Apesar de tudo isto a religião é uma presença constante na vida brasileira, achei estranho no mínimo que no congresso nacional tem um Cristo ou que nas escolas se faça o pai nosso. Não existe a laicidade e isso é um problema se tem pessoas de outras religiões (não cristãs) ou ateias.
  50. -Alias, aqui a politica é bem estranha por falar de uma forma elegante, políticos que um ano estão num partido no outro estão em outro e nem falo da questão de que todo mundo pode se candidatar gerando uma situação que é no mínimo bizarra.
  51. -Aah a política… nem queria entrar muito nesse tema, mas vejo contraditorio alguém vir e falar para mim o tanto que os políticos roubam, o descaso com educação, o descaso com a saúde e logo após a conversa o mesmo indivíduo me furar uma fila, agir em proveito próprio ou cometer todo tipo de lambanças do tránsito para levar vantagem.
  52. O dinheiro público aqui, no Brasil ou na China é tratado como dinheiro achado na rua. Se asume que não tem dono, quem administra fica com ele. No fundo é um problema de valores.
  53. -“Um dia o Brasil vai mudar.” Ok, uma dica? Comece por você mesmo.
  54. -A impunidade, a sensação do “nada acontece”, de que os políticos estão acima da lei e nada vai mudar, é um dos motivos pelos quais este país ainda não pegou fogo. Isto é usado como arma psicológica para desencorajar as pessoas de sairem para a rua (não importa a bandeira política).
  55. -Apesar dos tantos problemas o Brasil não é um lugar ruim para morar, ao contrário. Nem todo pais estrangeiro é melhor, mais desenvolvido, mais rico, etc, e país mais rico que este não existe, nem tudo país estrangeiro aguenta o nível industrial de roubalheira como o Brasil aguenta sem quebrar, e se não pergunta para a Argentina que tem uma crise a cada 10 anos de forma matematicamente consistente 😉
  56. -TODOS me perguntam porque eu não volto para lá (Uruguai), a realidade é que o Uruguai não esta tão melhor que o Brasil, também tem seus problemas e acredite o Mujica lá é tão criticado quanto a Dilma aqui… ok exagerei.
  57. -As coisas acontecem em escala bem menor no Uruguai e por isso da a impressão de ser um melhor país, ainda que esta à vanguarda em legislação e outras áreas, também tem muitas outras em atraso e seus programas sociais também sofrem pesadas criticas.
  58. -O brasileiro é RICO. Todo mundo tem seu carro novo ou seminovo, todo mundo mais ou menos consegue sua casa, existe crédito de sobra para isso e ate se da ao luxo de pagar 4k num iPhone.
  59. -Não é raro ver brasileiros viajando o mundo e passando férias na Europa ou nos Estados Unidos. Um uruguaio classe media dificilmente consegue fazer isso.
  60. -Apesar de viajar muito o brasileiro pouco sabe da cultura de fora e principalmente da América Latina. Já no resto da América a cultura brasileira se conhece bem.
  61. -Surpresos ficam muitos brasileiros quando falo que muitos dos grandes sucessos da música aqui na verdade são músicas originadas na Argentina ou na América Latina. Um exemplo? “De música ligeira” é uma música do grupo argentino Soda Estéreo e nem vou entrar no gênero sertanejo onde há muitos exemplos.
  62. -Tenho muitos amigos no Uruguai que conhecem a discografia de Legião, Ira ou Paralamas e nenhum amigo Brasileiro que conheça Soda Estéreo, Charly Garcia e muito menos os uruguaios NTVG, Cuarteto de Nos ou La vela puerca.
  63. -Aos nomes próprios aqui poderia dedicar um livro, os meus preferidos são os que tomam a forma nacional de um nome estrangeiro, tipo Maicon ou  Jakisson Faivi.
  64. -O internet banking e serviços em geral pela internet aqui são muito desenvolvidos, no Uruguai um banco geralmente tem apenas UM único terminal de autoatendimento. Isso significa que na época de recebimentos o povo faz fila que sai do banco e da a volta no quarteirão e não é raro alguém sair do banco e gritar “acabou a grana pessoal”!.
  65. -Tudo aqui, ou quase, pode ser feito pela internet e isso é um privilegio que nem todos os países tem.
  66. -Os homens aqui buzinam para as mulheres bonitas na rua, nunca entendi muito isso.
  67. -Quando cheguei aqui me colocaram para assistir o filme “O auto da compadecida”, assisti ele umas 10 vezes para poder entender, mesmo assim achei muito bom.
  68. -Tropa de Elite deve ser o melhor filme da historia do Brasil, fiz meus amigos do Uruguai assistirem e todos gostaram.
  69. -Segundo a região um mesmo objeto pode ter tipo 5 ou 6 nomes diferentes. Mandioca por exemplo: Aipi Aipim Aimpim Candinga Castelinha Macamba Macaxeira Macaxera Mandioca-brava Mandioca-mansa Manioca Maniva Maniveira Moogo Mucamba Pão-da-América Pão-de-Pobre Pau-de-Farinha Pau-Farinha Tapioca Uaipi Xagala…
  70. -O brasileiro não é pontual, rara vez algo acontece na hora marcada.
  71. -O brasileiro lê muito pouco ainda que isso esta melhorando.
  72. -Se em outros lugares as cidades tem um bar ou um restaurante em cada esquina aqui tem uma igreja em cada esquina e os nomes delas são muito curiosos.
  73. -Bancos e lojas tem de monte. As vezes na mesma rua ou em poucas quadras você encontra duas ou mais filiais dos mesmos bancos e lojas.
  74. -Outra curiosidade é que comércios parecidos estão todos no mesmo lugar, assim na mesma rua você pode ter 10 lojas de ferragens ou de tintas ou de auto peças e normalmente você sai de uma e entra na outra caminhando, mais ainda, se uma loja não tem uma peça eles te recomendam ir na outra ao lado!!
  75. -Brasileiros em geral não são racistas, sempre me trataram como um brasileiro mais. Mas por outro lado eles inventam coisas como as cotas.
  76. -Os brasileiros tem seu arqui-inimigo declarado, se chama Argentina, na prática é mais uma zoação.
  77. -Porém um dia em São Paulo pedi uma informação na rua, o cara me perguntou: “Argentino?” e eu respondi que não, ai ele disse “Ahh! Então é ali ohh, vou te mostrar…”, fiquei pensando preocupado se estava falando serio!
  78. -O brasileiro não lida muito bem com o sarcasmo, normalmente o toma como um ataque pessoal.
  79. -Para o brasileiro o espanhol é português mal falado.
  80. -Para falar espanhol basta adicionar “El” no começo de toda e qualquer frase. “El carro, el chuva, el janta, el, el, el”.
  81. -Também é necessário adicionar “ue” em toda palavra do português para virar espanhol como por exemplo: Copo, em espanhol “Cuepo” ou Socorro, que em espanhol segundo os brasileiros seria “Socuerro” ou “Fome” que aqui seria “Fueme” (em espanhol é “hambre” ok?).
  82. -A única frase em espanhol que todo brasileiro sabe é “La garantia soy yo” 😉
  83. -Cultura no Brasil é o que passa na TV, futebol, novela, funk, samba e poucas coisas mais. O resto é amplamente ignorado.
  84. -O brasileiro sempre está correndo e se não pergunta para qualquer um na rua, vai te responder exatamente isso 😉
  85. -Depois de 10 anos aqui algumas girias ainda me confundem e até hoje não sei porque “livre” é com V e “liberdade” com B…
  86. -Aqui tem mototaxi!
  87. -O Brasil deve ter a maior concentração de advogados per cápita do mundo.
  88. -Depois me dei conta que é a forma mais fácil para quem vai seguir a carreira pública.
  89. -O sistema de acesso a educação superior aqui no Brasil me parece horrendo e injusto.
  90. -Última, sabiam que para me naturalizar brasileiro preciso renunciar à minha cidadania uruguaia? Pois é, só no Brasil. Lógico que para o governo uruguaio nunca deixo de ser uruguaio mas é no mínimo algo bizarro. Nunca fiz, não pela burocracia mas porque o que ganho com isso? Votar e fazer concurso? Por enquanto nenhum dos dois me seducem, muito menos o primeiro!

Bom é isso pessoal, sei que ficou um pouco longo o post mas acreditem, filtrei ele várias vezes! Obrigado pela paciência e tolerância com o português!

90 impressões de um uruguaio sobre o Brasil

stark


We have a Hulk ;-)


Post navigation