Coréia-do-Norte-Anonymous

Com a subida do tom de voz do supremo maluco líder militar-político-religioso da Coréia do Norte, Kim Jong-un, afirmando que vai atacar os EUA usando arsenal nuclear, a tensão de uma guerra atômica que foi – pelo menos em teoria – superada durante a Guerra Fria volta à tona.

Só que existem algumas questões de ordem geográfica, tecnológica e até de sorte envolvidas em um ataque deste tipo realizado pelos norte-coreanos e uma defesa bem sucedida pelos americanos. Querem saber o motivo?

Para os nerds que já jogaram clássicos de guerra como Command & Conquer – Red Alert, Age Of Empires ou Mythology e Civilization (sim, guerra com turnos) falar é fácil… escrever até eu escrevo, agora montar uma estratégia e pulverizar seu inimigo, cuidando das suas defesas e mantendo sua economia em funcionamento… é bem diferente!

Neste artigo do Meio Bit, Carlos Cardoso, com sua forma muito inteligente e ácida de escrever nos explica as questões técnicas e tecnológicas envolvidas em um possível confronto deste nível, que esperamos sinceramente que não aconteça, para o bem do planeta e da humanidade, pois as consequências negativas afetarão a todos nós.

Enquanto isso, é melhor o jovem ditador cuidar das suas contas nas redes sociais, pois as mesmas foram invadidas pelo Anonymous hoje, que postou essa singela homenagem que ilustra o artigo:

“Procurado! Kim Jong-un, vulgo Nuclear Apaixonado pelo Mickey. Ameaçando a paz mundial com mísseis balísticos intercontinentais e armas nucleares. Gastando dinheiro enquanto seu povo morre de fome. A ONU oficialmente sancionou a Coreia do Norte por severas violações de direitos humanos, incluindo campos de concentração e tortura”.

Coréia do Norte reacende o tema da guerra nuclear

stark


We have a Hulk ;-)


Post navigation