parachute-kill-735x413

Hoje vou contar a história de Owen John Baggett, que enquanto suspenso no seu pára-quedas derrubou um Zero japonês com a sua Colt 1911 durante a segunda guerra mundial. Exagero? Estória de piloto? Isso vou analisar neste post.

A segunda guerra mundial foi a maior e mais sangrenta guerra da história. Milhões de pessoas foram a guerra e milhões morreram. Tem tanta história para contar, e dentre tantas, de tempos em tempos achamos relatos de incríveis feitos, coisas que somente situações extremas impulsam as pessoas a fazer. Um exemplo disso é a história de Saburo Sakai que conto neste blog.

Milhões de soldados lutaram na guerra, então pensa quantas historias incríveis aconteceram e que nunca vamos saber delas, ou porque seus protagonistas nunca falaram ao respeito, ou porque simplesmente não sobreviveram para contar. A história do Owen é desse tipo. Vamos lá.

Como derrubar um caça com uma Colt 1911

Owen era um bom estudante, era graduado e trabalhava em Wall Street, de fato era tão bom que fez a escola de piloto em apenas 5 meses. Após a graduação foi mandado para o território que na época levava o nome de Birmânia, hoje Myanmar, como piloto de bombardeiros quadrimotores B-24. Na foto no final do post aparece o modelo de bombardeiro, era menos conhecido que o B-17 que voava na Europa e a maior característica visível dele era a cauda dupla.

Quando isto acontecia era o ano 1942 e o Japão estava golpeando as portas da Índia. Além disto, Birmânia era uma das rotas de abastecimento da China que também lutava, havia anos, contra o Japão. O famoso “Burma Road” era uma estrada que ia do porto de Rangoon até a China e percorria mais de 1000 kms. Os japoneses tinham acabado de cortar esta importante rota, que só seria reaberta em 1945.

Neste contexto, em março de 1943, o esquadrão de bombardeiros de Owen foi enviado numa missão para destruir uma ponte de importância estratégica, no meio do caminho são interceptados por Zeros japoneses. Os Zeros os atacaram violentamente danificando vários bombardeiros do esquadrão. A aeronave que o Owen pilotava foi uma das mais danificadas.

Saburo Sakai, a historia do piloto que voltou para a base com 2 balas na cabeça!

Até aqui uma historia como qualquer outra. O avião estava tão danificado que teve que ser abandonado. Owen ordenou a tripulação pular de paraquedas.

Owen conta que enquanto suspenso no seu paraquedas, um dos pilotos japoneses começou a fazer passagens metralhando a sua tripulação indefesa nos seus paraquedas e matando a dois deles. Nesta altura do campeonato ele se deu conta que ia chegar a sua vez também, era questão de tempo.

Entre uma volta e outra do caça japonês fez a única coisa que podia fazer, se fingir de morto esperando que o inimigo o ignorasse, mas o piloto inimigo deve ter desconfiado da jogada porque se aproximou dele reduzindo a velocidade até o mínimo possível e chegando até a abrir o “cockpit” para ver melhor.

Foi neste exato momento, com o piloto japonês desprevenido, com seu caça em velocidade mínima que Owen puxou a sua Colt 1911 e atirou acertando o piloto na cabeça. O avião guinou e despencou descontrolado. Neste momento Owen virou lenda sendo o único a derrubar um avião com um tiro de pistola.

Chegando ao solo Owen e o restante da sua tripulação foram capturados e viraram prisioneiros de guerra pelo resto do conflito. Após a guerra foi reconhecido como o único a conseguir tal feito.

Polêmica posterior

Alguns autores, anos depois, colocaram em dúvida a veracidade do acontecido. Se confrontado com os registros dos japoneses, o episodio não é consistente com a historia de Owen.

No livro “B-24 Liberators vs Ki-43 Oscars” de Edward M Young, ele menciona que os caças que atacaram os B-24 naquele dia não eram Zeros, e sim Ki-43 Oscars. Se considerada esta divergência somente, podia ser apenas um erro ou apenas devido ao fato de que os americanos costumavam chamar de Zero a qualquer caça japonês (até hoje na verdade). Mas o autor aponta que naquele dia, e segundo os registros japoneses, não foram perdidos nem aviões e nem pilotos.

Talvez nunca se saiba exatamente o que aconteceu naquele dia. Historias exageradas eram normais. Pilotos quando tinham que informar os resultados das missões comummente aumentavam ou exageravam os resultados. Somente anos depois da guerra quando confrontados os relatórios com os do inimigo se chegou a verdade. No caso de Owen, o governo americano da como verdadeira a sua historia.

Existe ainda a possibilidade dele nunca ter visto o avião se espatifar no chão e apenas ter assumido que o avião caíra. Isso explicaria porque o registro japonês não da conta de perdas naquele dia. Se consideramos que o Saburo Sakai voltou para casa com 2 balas na cabeça depois de cair quase 3000 metros sem controle, então a historia pode ser real. Alias, tenha certeza que o piloto americano que acertou o Sakai reportou que o tinha derrubado! Seja como for pode crer que a historia é impressionante.

Fonte: Bailed Out And Shot At, This WWII Pilot Made A Historic Kill – World War Wings

b-24 liberator
Sabe aquele avião que aparece no filme Invencível de Angelina Jolie? É este mesmo.

colt 1911

owen-j-baggett-1024x566

zero
Foto meramente ilustrativa ;-)
Este piloto derrubou um Zero japonês usando sua Colt 1911 suspenso em seu pára-quedas!

stark


We have a Hulk ;-)


Post navigation