tes-06-01-16-tesla-model-x-5

O dono de um carro Tesla modelo X estava numa autopista quando sofreu uma embolia pulmonar. Em meio a dor insuportável tomou uma decisão radical, ligou o piloto automático e deixou que o carro o levasse ao hospital.

O Joshua Neally é um advogado que mora nos Estados Unidos, no estado de Missouri. Ele afirma que o piloto automático do seu Tesla X salvou a sua vida. Ele estava dirigindo por uma autopista quando sentiu uma profunda dor no peito.

Em meio a dor e ao transito, Neally calculou rapidamente as suas chances, ele podia parar, ligar para o 911 e esperar, ou podia arriscar e continuar até o hospital mais cercano. Num carro normal, Neally teria decidido encostar e esperar a ajuda, mas ele é dono de um Tesla X, modelo que possui piloto automático.

O homem ligou o piloto automático e o carro andou 20 milhas (+-32kms) de forma autônoma. Neally apenas tomou controle do carro uma vez que ele precisou sair da autopista. O último trecho da viagem até a porta do hospital ele fez manualmente.

É um feito e tanto. Neally chegou vivo ao hospital, foi tratado e sobreviveu. A embolia pulmonar é causada pelo bloqueio das artérias nos pulmões. É algo muito sério, mata 50 mil pessoas por ano, mais ainda, em 70% dos casos a morte chega no período de 1 hora após sentir os primeiros sintomas.

Sobre a tecnologia Tesla

Não faz muito tempo atrás saiu uma noticia que informava da morte de um motorista de um Tesla S que teria usado o piloto automático do carro. Provavelmente o homem ligou o piloto e foi dormir, vai saber. A questão é, existem inúmeros outros exemplos onde a tecnologia de fato evitou acidentes, ou como neste caso, salvou vidas.

Assim como no caso do acidente mencionado, o piloto automático dos Tesla não está avançado o suficiente como para deixar o carro dirigir sozinho sem supervisão, muito menos ele poderia te levar de volta para casa, ou hospital como neste caso. Mas já resolve bastante coisa.

Na verdade é uma questão de tempo até os carros serem realmente autônomos. No caso dos Tesla, cada carro recolhe toneladas de informação que é enviada para um servidor que processa e aprende da experiência de cada Tesla que está na rua. Este aprendizado logo é enviado aos outros carros. É impressionante. Estamos morando literalmente no futuro.

Como falei, ainda tem muita coisa a ser feita, por exemplo, o carro mesmo poderia monitorar a saúde do motorista e conforme for, poderia tomar o controle do carro e decidir a seguir se encostar e chamar o 911 ou seguir até um local seguro onde possa receber auxilio. Hoje já existem aparelhos médicos que monitoram uma pessoa em casa e ligam para a emergência em caso de sofrer algum problema.

Pelo menos já é muito bom ter algo disso tudo num carro e saber que se o motorista sofrer um problema de saúde sério (e conseguir apertar o botão 😉 ) acionando o piloto automático pelo menos você não vai morrer num acidente e talvez (como o Neally) você consiga chegar até o hospital.

Tesla Modelo S Painel e Console

tesla

Fonte: Tesla Autopilot Drives Owner to Hospital During Pulmonary Embolism – Fortune

Função Autopilot de um Tesla leva o dono com embolia pulmonar até o hospital

stark


We have a Hulk ;-)


Post navigation