Pirâmides na Bósnia, verdade mesmo?

Eu não sei quem inventou a moda de construir pirâmides, mas essa moda só se compara com a nossa moderna mania de construir arranha céus cada vez mais altos. Parece que no mundo antigo, como no de hoje, para ser uma civilização que se considere de avançada havia que construir pirâmides, e quanto maiores, melhores. Parece que alguém também andou construindo pirâmides na Bósnia.

Já reparou no curioso fato de que tantos povos, tão distantes e com diferenças temporárias e geográficas enormes tiveram na cabeça a mesma ideia descabelada? Já reparou em como todas estas obras monumentais foram construídas no mesmo padrão, utilizando-se de técnicas que, se não são desconhecidas, são totalmente complicadas de reproduzir quando não impossíveis de decifrar? Já reparou na quantidade de sítios arqueológicos com pedras de tamanhos monumentais? Porque construir com blocos de várias toneladas de peso quando poderiam ser usadas pedras menores e mais fáceis de transportar? Qual era essa fixação psicótica por fazer templos com pedras gigantes? Tipo, para que facilitar se podemos complicar né? Bom… não.

Pirâmides na Bósnia

Enquanto a estas construções piramidais se trata, na Bósnia foram descobertas alguns anos atrás o que parecem ser pirâmides. Sim, eu disse parece, porque ninguém com grau pendurado na parede ousou afirmar (quem quer colocar o dele na reta né? Nabil Mohamed Abdel Swelim 😉 ) que são pirâmides realmente, e quem afirmou isso alguma vez como o Swelin, depois tentou se explicar. É que o giro esotérico que tomou o estudo destas pirâmides na Bósnia fez com que os arqueólogos científicos tomassem a maior distancia possível destes achados. Só isso faz com que todo o tema seja catalogado como falso e motivo de piada. O que é triste.

Pirâmides na Bósnia

O fato é que Swelin, que sabe muito de pirâmides, que se arrasta entre os túneis da grande pirâmide de Keops todo dia, foi la e afirmou que o que foi achado na Bósnia não somente era surpreendente como tinha potencial para ser revolucionário. Pensa, seria a primeira pirâmide achada na Europa, o que quer dizer muitas coisas.

Primeiro, que havia gente morando na Europa, não se sabe quando no tempo, com o desenvolvimento social, econômico e tecnológico para construir aquilo.

Segundo, que havia gente suficiente para uma obra desse tamanho.

Terceiro e último, mas não menor “detalhe”, a datação indica que foram construídas pelo menos há 10 mil anos… oh wait… What!?

Aqui começa o complicado da questão, afirmar que foram construídas por uma civilização Iliria entre 10 e 30 mil anos atrás é ousadia de mais, ate porque essa civilização só existe na história porque foram conquistados pelos gregos e porque 10 mil anos atrás a era glacial ainda congelava parte dessa região e quem morava por ai eram caçadores e coletores que moravam em cavernas.

Se não são formações naturais como alguns afirmam, então tiveram que ser construídas por alguém desconhecido num passado remoto que quebraria em pedaços a historia atual. Teríamos que afirmar que uma civilização humana alcançou um grau de desenvolvimento formidável e desapareceu por cataclismo, diluvio ou apocalipse zumbi, escolha um. Qualquer uma destas explicações é mais plausível que dizer que foram os ilírios.

Pirâmides na Bósnia

Outro ponto difícil de compreender é que o grande impulsor, divulgador e estudioso destas pirâmides na Bósnia, o Semir Osmanagic, acaba afirmando que do topo da pirâmide maior sai um raio de energia, fala em mecanismo de movimento perpetuo e sei la quantas coisas mais… ok, sei que pode ser verdade, ou não, mas no mundo que vivemos, se você quer promover um estudo sério do local, não da para fazer esse tipo de mancada. Talvez por isto o Swelin tomou distancia.

Evidências existem e de monte, você pode googlar a vontade, vídeos de Youtube e ate o History falando. Os argumentos são válidos e podem ser reais, mais a cortina de fumaça que se levantou para desacreditar as descobertas se alimenta com todas estas especulações e mitos criados.

Talvez você queira ler também sobre os mistérios e mitos das pirâmides do Egito

Como sempre digo, esta ai a informação, forme sua opinião. Assim vendo pelas fotos, ou a mãe natureza fez um belo e simétrico trabalho ou isso ai é artificial 100%, veja bem, alem de ter certa proporção estaria orientada, segundo o Osmanagic, seguindo os pontos cardeais de forma quase perfeita, por outro lado parece que foi revestida com louças de concreto, fato pelo que alguns afirmaram que isso eram restos de uma estrada romana. Pelo que sei os romanos não usavam o concreto para suas estradas, em fim, se é assim, dizer que é coincidência é simplista e um insulto a nossa inteligência.

Se isto último for correto, temos ai a maior pirâmide do mundo e um belo enigma para resolver, tão incomodo, que é melhor desacreditar tudo e todos e ficar com nossas teorias de pedras rolando em troncos ;-), sarcasmo off…

Como disse antes, o fato de o negócio ter virado algo esotérico afugentou qualquer cientista de renome. Se o Swelin ficou impressionado algo há, pode ate ter se precipitado no julgamento, mas um cara como ele não pode ter errado tanto. Infelizmente agora não da mais para saber o “que é o que”, quem sabe um dia se faça um verdadeiro estudo sobre as pirâmides na Bósnia.

Pirâmides na Bósnia. Gostou? Deixa um comentário!

Pirâmides na Bósnia

Pirâmides na Bósnia

Pirâmides na Bósnia

Este é um post original do Instigatorium.

stark

We have a Hulk ;-)

Você pode gostar...